las vegas night club brasileiros

Las Vegas: Night Club

post-do-colaborador

What happens in Vegas, stays in Vegas! Essa é a regra geral para quem visita a cidade, mas este post vai quebrar o juramento e contar como é uma das melhores baladas por lá. Conhecida por seus luxuosos cassinos, Las vegas é a maior e mais famosa cidade do estado de Nevada. Tudo parece cenográfico: a arquitetura, as árvores, as limusines enormes…É como se você estivesse em um filme. Talvez por já ter visto vários que tenham Vegas como cenário de fundo, toda a paisagem parece familiar, e antagonicamente, impressiona muito!

Chegamos – eu e mais 7 amigos – por volta das 19h, para não perder tempo fizemos check in no Flamingo Cassino e já fomos em busca de uma rápida pesquisa para saber qual boate valia  à pena conhecer. Andando pelas ruas você encontra vários promoters que vendem pulseiras, convites e indicam as melhores festas. São tantas opções, que a dica é realmente se informar antes de cair na noite. A variedade é grande, tem a Pure, no Ceaser´s Palace Casino, a The Bank, no Bellagio, (aquele cassino famoso pelo show de águas), e a XS, no Wynn. Essa última merece mais destaque pois indiscutivelmente é a melhor.

O convite vale até meia noite, e se não fosse a sorte de o segurança ser brasileiro, os meninos do grupo pagariam U$45 pelo nosso atraso. Tem um detalhe, só entra na balada de roupa social. Isso mesmo, nada de jeans, blusa de malha, boné, ou sapatênis. Dress Code is strickly enforced (a regra do traje social é rigidamente aplicada!), como eles fazem questão de colocar em folders e no site. Traje social, se não, sorry baby and come back home! Todo mundo bem vestido.

A Boate é simplesmente MARAVILHOSA! Som envolvente, performance excepcionais, staff competente, decoração e iluminação singulares! Na área externa da boate, você pode relaxar nas espreguiçadeiras, com um delicioso lounge, que muda de cor o tempo todo. As pessoas são muito produzidas, e no final das contas a ideia da roupa social é uma ótima. Faz diferença ver todo mundo arrumado. Apesar do traje, o comportamento do público é extravagante, todos se jogam MESMO na pista! O que impressiona é a quantidade de dinheiro que as pessoas jogavam para o alto. Não, nem todo mundo é doido de fazer isso, claro. Mas em alguns camarotes você vê uma cena comum: Homens com aqueles cordões enorme iguais aos dos astros de hip hop, belas mulheres em volta, champagne a vontade e muito dinheiro pro alto! Loucura ou diversão? Sinceramente não tive coragem de ver se era realmente divertido. Na noite é possível encontrar pessoas fantasiadas de Michael Jackson, Charlie Chaplin e outros. E são clientes! Não fazem parte da performance, o que nos deixa ainda mais surpresos.

Las Vegas ainda tem duas vantagens em relação a várias outras cidades dos Estados unidos. A primeira é que eles não praticam o “the last call for alcoholic drinks”. Isso mesmo, em outras cidades, o DJ grita no microfone essa frase, que significa que a partir de alguns minutos não irão mais vender bebida alcoólica. Isso gera uma correria para o bar em busca do último drink da noite. Além disso, a noitada por lá não tem hora pra acabar! Imagina você dançando, se divertindo horrores e de repente, as luzes ascendem e você tem que ir embora? Não…pelo menos não em Vegas! Por isso, nada a reclamar, e sinceramente I want more.

Colaboradora do blog

Juliana Acácio é hoteleira e já trabalhou em hotéis nos EUA, Juiz de Fora, Búzios e Rio de Janeiro. Ama viajar e conhecer novas culturas!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s